UHF no “Viva a Música”

Outubro 14, 2010

Esta quinta-feira, Armando Carvalhêda, recebe no palco da rádio os UHF. Foram onze meses e meio de retiro numa vila alentejana, Vendas Novas, e todos os dias o caminho pela auto-estrada que rasga as planícies onduladas, um frio de rachar no Inverno e um calor estático no Verão. Houve tempo, em cada viagem diária, para meditar neste tempo que vivemos, no momento inseguro que cruzamos enquanto nação. Este disco é um manifesto atento, quando o artista tem consciência de que não pode ficar de fora. Será este um disco de intervenção? É, por certo, na linha de muitas canções que os UHF gravaram, de uma escola onde bebi influências, denso e sereno. Toca nas feridas, mas não guarda o queixume – aponta rumos. Quando as canções se entoam, os corações pulsam de emoção. Os doze episódios que integram este CD são o Best of de um lote que fomos gravando entre Junho de 2009 e Junho de 2010, entre o estúdio e a estrada: é, por tudo isto, um trabalho ambicioso e o maior investimento financeiro que alguma vez fizemos. Há momentos em que acreditamos muito, e este é um desses momentos. É uma afirmação política; tem o choro e a devoção do amor adulto; mantém a conversa entre os do palco e os da plateia. Vai da confissão sussurrada ao grito que a batida feroz sustenta. De novo António Manuel Ribeiro com a lucidez de sempre lança no palco da rádio a pergunta “Porquê”.

in Antena 1

Lisboa | Teatro da Luz | Entradas Grátis | Transmissão Antena 1 | Viva a Música  |15.12 – 16.00 |

Anúncios

Cartoon…

Outubro 13, 2010

Quem não quer sair do buraco?

Cartoon by Rodrigo (in Expresso)


“Lord of the Dance” de novo em Portugal

Outubro 13, 2010

“Lord of the Dance” vai regressar a Portugal a partir desta quarta-feira, com um espectáculo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, depois de se terem apresentado pela última vez no nosso país há cinco anos. O público lisboeta poderá contar com actuações de quarta-feira a domingo, às 21:30, e sábado e domingo também às 16:00 horas. Depois, o grupo de dança celta seguirá para o Coliseu do Porto, entre 21 e 24 de Outubro, no mesmo horário. As suas coreografias exprimem “a força da cultura tradicional irlandesa”, sublinha a organização. Escrita, produzida e coreografada por Michael Flatley, a obra estreou no The Point Theatre, em Dublin, a 2 de Junho de 1996, tendo vindo a registar desde então recordes de bilheteira.

in Diário Digital

Site: Lord of the Dance


No quiosque…

Outubro 13, 2010


Cartoon…

Outubro 13, 2010

Extremos

Cartoon by Henrique Monteiro (in SAPO Desporto)


Cirque du Soleil regressa a Portugal com “Saltimbanco”

Outubro 13, 2010

O Cirque du Soleil regressa a Lisboa esta quarta-feira, para apresentar o espectáculo «Saltimbanco», no Pavilhão Atlântico. O evento, que ficará patente no Parque das Nações até ao próximo dia 24, é aquele com o qual a companhia canadiana de novo circo tem estado há mais tempo em digressão pelo mundo. Este será o quarto espetáculo que o Cirque du Soleil apresenta em Lisboa, depois de «Varekai», no ano passado, «Quidam», em 2008, e «Delirium», em 2007. «Saltimbanco» é apresentado como uma «viagem alegórica e acrobática», com uma imagem visual «barroca», sobre a vida na cidade, a vivência dos bairros, o movimento nas ruas, a paisagem dos arranha-céus e a diversidade cultural. Este espetáculo de artes circenses, música e dança, que teve a estreia em 1992, tem coreografia de Debra Brown, música de Réne Dupéré e direção do italiano Franco Dragone. O Cirque du Soleil, fundado em 1984, no Québec, por Guy Laliberté e Daniel Gauthier, tendo celebrado os seus 25 anos em 2009. Com um saldo de mais de 90 milhões de espectadores em todo o mundo, o grupo tem actualmente 20 espectáculos em cena em simultâneo, como «Alegria», «Love», «Kooza», «Delirium» e «Quidam» e anunciou que está a preparar um novo espetáculo, a partir do repertório de Michael Jackson.

in Diário Digital

Site: Cirque du Soleil


Apuramento Euro 2012: Islândia 1 – Portugal 3

Outubro 13, 2010

Portugal ‘reentrou’ ontem na luta pela qualificação para o Euro-2012 de futebol, ao vencer na Islândia, por 3-1, obtendo a segunda vitória consecutiva no Grupo H, depois de um arranque comprometedor. Com os dois triunfos conseguidos sob a batuta de Paulo Bento , que substituiu Carlos Queiroz após o empate com o Chipre (4-4) e a derrota na Noruega (1-0), Portugal passou a somar sete pontos e assumiu a segunda posição, menos dois do que os norugueses, que lideram com nove (três vitória em três jogos).

in Expresso