Primeiro Encontro de Cervejeiros Artesanais em Miranda do Douro

O primeiro encontro de cervejeiros artesanais juntou no passado sábado, em Fonte de Aldeia (Miranda do Douro), quinze marcas de cervejas artesanais produzidas por seis cervejeiros ibéricos, numa iniciativa que pretende promover a bebida. “Só em Portugal, existem seis marcas de cervejas artesanais rotuladas, apesar de haver mais de quinze produtores deste tipo de bebida”, disse à Agência Lusa o presidente do Clube de Colecionismo de Cerveja em Portugal, Rui Valente. Na opinião do especialista, o que separa uma cerveja artesanal de uma cerveja industrial é a “ausência total de aditivos”, que lhe confere propriedades “únicas e especiais”. “Uma cerveja produzida pelo método industrial poderá ter um prazo de validade que ronda o ano de vida, enquanto uma cerveja artesanal, poderá chegar aos dois dias de vida devido à ausência de aditivos”, exemplificou o mestre cervejeiro. No concurso hoje realizado foram admitidas apenas cervejas produzidas pelo método artesanal de diversões estilos, numa iniciativa promovida pela Associação Sartigalhos Palgrinos, sediada na aldeia do concelho de Miranda do Douro. O método utlizado pelos jurados foi através de uma prova cega que juntou cinco provadores e especialistas em cerveja artesanal.

in Jornal de Notícias

[youtube.com/watch?v=lnn2O_rpIzU]

Reportagem SIC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: