Manchester City é o novo campeão inglês

O Manchester City derrotou o QPR por 3-2 e sagrou-se campeão inglês 44 anos depois. Até ao último suspiro. Após 44 anos de uma travessia no deserto, o Manchester voltou a sagrar-se campeão inglês. Este é o terceiro título no historial dos azuis de Manchester. Num jogo de loucos, a equipa de Roberto Mancini bateu, num último assomo, o QPR por 3-2. Zabaleta, aos 39 minutos, materializou o domínio dos citizens e fez o 1-0. No reatamento, um corte mal calculado de Lescott permitiu que Djibril Cissé fizesse o empate. Com o rival United a vencer, o City teve que correr atrás do prejuízo. No entanto, e mesmo reduzidos a dez elementos após a expulsão de Joey Barton que agrediu Tevez e, posteriormente, Aguero, os donos da casa não encontravam soluções para abrir o muro defensivo dos londrinos. Aos 66 minutos e após uma cavalgada de Traoré, Mackie, sem oposição, cabeceou para o fundo das redes de Joe Hart. Balde de água gelada que paralisou os anfitriões. Perdido por cem perdido por mil, Mancini fez o que lhe competia e arriscou tudo com as entradas em campo de Dzeko e Balotelli. Numa altura em que os adeptos do United começavam a festejar, Dzeko, com um cabeceamento fulminante, fez o 2-2. Esperança para o City que poucos minutos depois se transformou em alegria. Kun Aguero fugiu a tudo e todos e rematou com toda a fé para carimbar o 3-2 e oferecer aos citizens o terceiro título (1937 e 1968) no seu historial. Apesar do desaire, o QPR assegurou a permanência na Premier League.

in A Bola

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: