Vodafone Rally de Portugal 2010: Sebastien Ogier vence

Sebastien Ogier venceu o Vodafone Rally de Portugal, sexta prova do Campeonato do Mundo da FIA 2 010, e alcançou a sua primeira vitória mundial à frente de Sebastien Loeb, que tudo fez para o impedir, e de Dani Sordo. Ogier foi capaz de dominar a prova desde a quarta especial, altura em que assumiu o comando, para não mais o perder, apesar de abrir a estrada, no segundo e terceiro dias da competição, resistindo à enorme pressão exercida por Sebastien Loeb, que tudo fez para o ultrapassar. E se no último dia começou por reduzir a desvantagem, a verdade é que nunca esteve em posição de chegar ao primeiro lugar, uma vez que Ogier não cometeu qualquer erro e terminou com 7,9 segundos de avanço sobre o seu adversário. Na luta pelo terceiro lugar, Dani Sordo acabou por levar a melhor sobre Petter Solberg e Mikko Hirvonen. No entanto, as hipóteses de Solberg esfumaram-se quando teve problemas de direcção, logo no começo da etapa, e Hirvonen cedo se mostrou incapaz de reduzir a desvantagem para os dois pilotos que o antecediam, quando os seus pneus perderam eficácia na segunda passagem pelas duas especiais do dia. Mas, Solberg perderia, ainda, o quarto lugar, na superespecial que encerrou a prova, quando perdeu cerca de 14 segundos, ao não evitar um “toque” nas barreiras de protecção, com Hirvonen a ultrapassá-lo nos derradeiros metros da competição. Entre os S-WRC para os S2000 tudo estava definido no final do segundo dia com as diferenças a fazerem com que todos optassem por toadas conservadores uma vez que nada havia a ganhar e muito a perder. Jari Ketomaa conservou o comando até ao final, depois de ter evitado todas as pedras que pode, para terminar com mais de três minutos de avanço sobre Xavi Pons, com Michal Kosciuszko a terminar em terceiro. No J-WRC face às grandes diferenças existentes todos mantiveram as suas posições no último dia, com Kevin Abbring a sagrar-se vencedor com cerca de seis minutos de avanço sobre Karl Kruuda e com Aaron Burkart a completar o pódio. Entre os portugueses, Armindo Araújo, sem os problemas que o afectaram no segundo dia, terminou em 14.º da geral e 1.º dos Grupo N convencionais, enquanto Bernardo Sousa ficava logo atrás e arrecadava o máximo de pontos para o campeonato português.

Site: Rally de Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: