Rock in Rio Lisboa 2010 (30 Maio)

Maio 30, 2010

5º dia do Rock in Rio Lisboa 2010.

Palco Mundo – Rammstein 23h45 | Megadeth 22h00 | Motorhead 20h30| Soulfly 19h00

Sunset Ramp & Hail 20h40| More Than a Thousand & Rui Veloso 18h55 | Fingertips & Alexandre Almeida 17h40

Electrónica – DJ Vibe – 02h30 | Green Velvet (live) 01h45 | Speedy J (live) 00h15 | Paul Ritch (live) 23h15| Jim Masters 22h15 | Heartbreakerz 21h00

Site: Rock in Rio Lisboa 2010 


Formula 1 Grande Prémio da Turquia: Lewis Hamilton vence

Maio 30, 2010

Site: Circuito de Istambul

Lewis Hamilton conquistou a primeira vitória da época, batendo o seu colega de equipa na McLaren, Jenson Button, no Grande Prémio de Turquia. Os pilotos da McLaren aproveitaram uma colisão entre os dois carros da Red Bull para fazerem a dobradinha. Button ainda chegou a dar luta a Hamilton e esteve muito perto de lhe roubar o primeiro lugar, com várias tentativas de ultrapassagem no decurso de uma volta, mas que terminou quando os dois McLaren tiveram que reduzir o ritmo para poupar combustível. Mark Webber liderou a corrida sem adversários até à 41ª volta, quando o seu colega de equipa na Red Bull, Sebastian Vettel, aproximou-se do seu colega de equipa e tentou ultrapassá-lo. O alemão acabou por fechar a porta do seu colega, abandonando a corrida, enquanto Webber teve que ir trocar o nariz do seu carro, caindo para terceiro. Apesar do resultado, o australiano da Red Bull continua a liderar o campeonato. Michael Schumacher e Nico Rosberg levaram os Mercedes ao quarto e quinto lugares, segurando o Renault de Robert Kubica e o Ferrari de Felipe Massa. Fernando Alonso conseguiu recuperar até ao oitavo lugar, aproveitando um furo de Vitaly Petrov na fase final. Adrian Sutil e Kamui Kobayashi completaram os lugares pontuáveis, com o japonês a dar o primeiro ponto da época à Sauber.

in AutoSport

Resultados da Corrida

1.  Hamilton      McLaren-Mercedes           1h28:47.620
2.  Button        McLaren-Mercedes           a     2.645
3.  Webber        Red Bull-Renault           a    24.285
4.  Schumacher    Mercedes                   a    31.110
5.  Rosberg       Mercedes                   a    32.266
6.  Kubica        Renault                    a    32.824
7.  Massa         Ferrari                    a    36.635
8.  Alonso        Ferrari                    a    46.544
9.  Sutil         Force India-Mercedes       a    49.029
10.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             a  1:05.650
11.  De la Rosa    Sauber-Ferrari             a  1:05.944
12.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         a  1:07.800
13.  Liuzzi        Force India-Mercedes       a     1 lap
14.  Barrichello   Williams-Cosworth          a     1 lap
15.  Petrov        Renault                    a     1 lap
16.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         a     1 lap
17.  Hulkenberg    Williams-Cosworth          a     1 lap
18.  Glock         Virgin-Cosworth            a    2 laps
19.  Di Grassi     Virgin-Cosworth            a    3 laps

Abandonos

Chandhok      HRT-Cosworth                 53ª volta
Senna         HRT-Cosworth                 47ª volta
Vettel        Red Bull-Renault             40ª volta
Kovalainen    Lotus-Cosworth               34ª volta
Trulli        Lotus-Cosworth               33ª volta


BB King em Sabrosa – Reportagem

Maio 30, 2010

Município de Sabrosa adianta que estiveram mais de 20 mil pessoas presentes no recém-baptizado “BB King Parque”, para testemunhar em directo a lenda viva do blues. A noite de Sábado foi muito especial para Sabrosa. A pequena localidade transmontana recebeu, em jeito agalanado, uma multidão inteira, para testemunhar o concerto único – e gratuito – da lenda viva do blues BB King. A Quinta das Almeidas esgotou a sua lotação, recebendo mais de 20 mil pessoas. Neste espaço, agora baptizado como BB King Parque (cuja placa honorária o músico exibiu orgulhosamente durante o concerto), o virtuoso bluesman de 85 anos mostrou toda a sua classe, engenho e disponibilidade. A iniciativa deste concerto partiu da organização Rota dos Vinhos do Porto, no âmbito da promoção da região vinícola, e das autarquias adjacentes. Nesse contexto, BB King teve ainda direito a um presente muito especial: uma garrafa de vinho do Porto da colheita datada ao ano da sua nascença, 1925. O músico norte-americano, bem disposto e sobejamente simpático, fez as delícias de todos os presentes, num espectáculo que certamente não deixará esta região indiferente.

in BLITZ

Site: BB King

BB King em Sabrosa – Reportagem RTP


Sporting conquista Taça Challenge

Maio 30, 2010

O Sporting tornou-se ontem a primeira equipa portuguesa a conquistar um Troféu Europeu, ao vencer os polacos do MMTS Kwidzyn (27-26), na segunda mão da final da Taça Challenge em andebol. O presidente, José Eduardo Bettencourt, fez questão de apoiar a equipa no lotado Pavilhão Municipal de Almada (mais de 3500 espectadores) e, depois de sofrer na bancada como um adepto fervoroso, juntou-se aos jogadores leoninos nos festejos do título inédito. O Sporting partia em vantagem para o jogo decisivo, depois do triunfo conseguido na primeira mão, na Polónia (27-25), mas nem por isso facilitou. O técnico Paulo Faria pedira paciência, humildade e espírito de sacrifício aos seus atletas. E os leões não desiludiram, rubricando uma grande exibição, onde as emoções se estenderam das bancadas para dentro do campo. Perto do fim, jogadores polacos e portugueses trocaram agressões – Adamuszek e Petric acabaram expulsos –, mas já nada podia estragar as comemorações leoninas. No final do desafio, Paulo Faria não escondeu a satisfação: ‘Absolutamente fantástico. Esta é a verdadeira festa do andebol, juntamente com estes adeptos. Este é um prémio justo’. O Sporting foi a terceira equipa portuguesa a chegar à final da Taça Challenge. Em 2005, o ABC foi derrotado pelos suíços do Wacker Thun e, em 2006, o Sp. da Horta caiu perante os romenos do Steaua.

in Correio da Manhã


Festival Eurovisão da Canção 2010 – Alemanha vence

Maio 30, 2010

“Satellite” foi a música vencedora da noite da final. Próximo ano, é a Alemanha a fazer as honras da casa. A Alemanha venceu este ano a 55ª edição do Festival Eurovisão da Canção. Tinha ganho apenas uma única vez, em 1982, e fez-se representar desta vez por “Satellite” na voz de Lena Meyer-Landrut, uma jovem de 19 anos. Em segundo lugar ficou a Turquia, com a música “We Could Be The Same”, e em terceiro a Roménia, com a música “Playing With Fire”. Portugal restou-se apenas pela 18ª posição entre os 25 países concorrentes. Filipa Azevedo levou a música “Há Dias Assim”, autoria do jornalista Augusto Madureira, que lhe valeu um lugar à frente de países como a Islândia, a Noruega ou o Reino Unido. Portugal trouxe para casa 43 pontos: os nuestros hermanos deram-nos 6 pontos apenas e a França deu-nos 8 pontos, a maior pontuação atribuída à canção lusa. Arménia, Dinamarca, Sérvia e Malta também foram dos países que nos fizeram subir na tabela. Com a actuação espanhola assistiu-se a um momento que poderíamos dizê-lo hilariante. O homem que invadiu um jogo durante o Euro 2004 para oferecer uma bandeira da Catalunha a Luís Figo, desta vez entrou, não no relvado, mas no palco, usurpando o desempenho do espanhol Daniel Diges, que teve que repetir a actuação no final de todos os restantes concorrentes.

in BLITZ


Vodafone Rally de Portugal 2010 – 2º dia

Maio 30, 2010

Apesar da pressão a que foi submetido, Sebastien Ogier conservou o comando no final do segundo dia do Vodafone Rally de Portugal e vai continuar a ser o primeiro na estrada. Na sua perseguição está, uma vez mais, Sebastien Loeb, que reduziu a sua desvantagem para o comandante de 44,8 s. para 21,1 s., o que deixa tudo em aberto para as quatro classificativas finais. Como se esperava, Loeb beneficou do facto de ser o terceiro na estrada, o que lhe permitia dispor de mais aderência do que Ogier e Dani Sordo, que partiam à sua frente. Mais rápido nas duas primeiras classificativas do dia e beneficiando dos problemas que afectaram o seu colega de equipa, Dani Sordo, regressou ao parque de assistência na segunda posição. Por sua vez, Petter Solberg que sentia a possibilidade de chegar ao pódio, foi o mais rápido na derradeira especial da manhã e chegou à assistência 10,5 segundos atrás de Sordo, com as equipas preparadas pare enfrentarem a segunda passagem debaixo de elevadas temperaturas. Para as Ford o dia não correu bem. Logo na segunda especial, Jari-Matti Latvala saiu da estrada, bateu, danificou a suspensão traseira do Focus e foi obrigado a desistir. Para aumentar as dificuldades, o carro de Mikko Hirvonen escorregava demasiado de traseira e o finlandês não tinha confiança para atacar. Como consequência, foi ultrapassado por Solberg, no final da primeira passagem e regressou ao parque de assistência na quinta posição. Tal como no primeiro dia, da parte da tarde repetiam-se as especiais percorridas de manhã, com os pilotos a terem de encontrar um compromisso entre a velocidade e a gestão do desgaste dos pneus. Ogier venceu a primeira das três, o que surpreendeu Loeb, que se impôs nas outras duas. Sordo não teve tanta sorte e viu os pneus degradarem-se mais depressa do que ele esperava e viu a sua vantagem sobre Petter Solberg desaparecer rapidamente. Solberg ultrapassou-o na penúltima especial e subiu a terceira a 31,1 s. de Loeb e com 13,5 s. de Sordo. Hirvonen com os bons tempos alcançados nas duas últimas especiais, em particular na última onde foi terceiro, reduziu a desvantagem para Sordo para 8,2 s., diferença que lhe permite pensar num lugar no pódio, cado algum dos três primeiros tenha problemas. Entre os S-WRC, o comandante, Jari Ketomma, que ascendeu a essa posição ainda da parte da manhã, teve problemas, mas conseguiu terminar o segundo dia, ainda, no comando com uma vantagem superior a três minutos, sobre Xavi Pons. O segundo classificado Nasser Al-Attiyah não teve tanta sorte e problemas eléctricos, logo na segunda especial do dia, levaram-no ao abandono, o que permitiu a PG Andersson subir ao segundo lugar, à frente de Pons, no parque de assistência a meio da etapa. No entanto, Andersson saiu da estrada na primeira especial da parte da tarde, perdeu uma roda e terminou o rali, o que possibilitou a ascensão de Pons ao segundo lugar e a de Michal Kosciuszo ao terceiro. No J-WRC as difíceis condições provocaram uma razia e só um carro, o de Karl Kruuda, chegou ao final do dia em competição, o que lhe permitiu assumir o comando da categoria com 1.19,6 de vantagem sobre Aaron Burkart, que permanece em segundo e que regressará, para a terceira etapa, ao abrigo da regulamentação do SuperRali. Entre os portugueses, Armindo Araújo debateu-se com sérios problemas eléctricos, durante a manhã, que lhe fizeram perder muito tempo, antes da equipa conseguir reparar os estragos e terminou o dia em 17.º da geral. Bernardo Sousa continua a sua caminhada com o pensamento nos pontos do Campeonato de Portugal de Ralis e perdeu tempo com um furo, que não mudou, na penúltima especial, e terminou a etapa, em 18.º, imediatamente atrás de Armindo Araújo.

Site: Rally de Portugal


Cartoon…

Maio 30, 2010

Os compadres da Covilhã

Cartoon by Henrique Monteiro (in SAPO Desporto)