Ian Curtis morreu há 30 anos

Ian Curtis, vocalista dos britânicos Joy Division, suicidou-se há exactamente 30 anos (18 de Maio de 1980), em Macclesfield, Inglaterra. O músico, cujo nome completo era Ian Kevin Curtis, tinha apenas 23 anos quando faleceu, na véspera da primeira digressão norte-americana da banda, e sofria de epilepsia. Letrista e intérprete, Curtis deixou para trás apenas dois álbuns com os Joy Division: Unknown Pleasures e Closer (editado dois meses após a sua morte). O culto em torno de Curtis e dos Joy Division cresceu nas últimas três décadas, alimentado por filmes, livros e reedições discográficas. Antes da morte de Ian Curtis, os elementos da banda tinham feito um pacto: caso alguém saísse, os restantes membros mudavam o nome do projecto. Assim nasceram os New Order. Peter Hook, baixista quer dos Joy Division quer dos New Order, vai prestar homenagem a Curtis esta noite no edifício da mítica Factory Records, apresentando na íntegra do álbum Unknown Pleasures .

in Blitz

Joy Division – Love will tear us apart

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: