Marinho Pinto ataca Manuela Moura Guedes no Jornal Nacional da TVI

O Jornal Nacional da TVI, de sexta-feira, acabou por se transformar numa espécie de batalha campal entre Manuela Moura Guedes e Marinho Pinto. A pivot, conhecida pelo seu tom mordaz e irónico, foi acusada de praticar um “jornalismo que envergonha” e “violar todos os dias o seu código deontológico. Manuela Moura Guedes certamente que não esperava que a entrevista a Marinho Pinto subisse tanto de tom. Jornalista e entrevistado deixaram o cerne da questão de lado e, durante três minutos, não fizeram outra coisa senão discutir e trocar galhardetes. A pivot da TVI não escondeu a forma como foi apanhada desprevenida pelos ataques de Marinho Pinto. O bastonário da ordem dos advogados perdeu o controlo e soltou a língua, acusando Manuela Moura Guedes de praticar um péssimo jornalismo e de emitir juízos de valor quando tem de estar calada. A jornalista ripostou, dizendo: “O seu jornalismo enquanto jornalista é que eu não o conheço”. “Isto que você está aqui a fazer, este espectáculo degradante que vim aqui comprovar pessoalmente dá uma má imagem dos bons profissionais que há nesta casa”, afirmou Marinho Pinto, sem qualquer tipo de pudor. “Essa é a sua opinião doutor”, disse Manuela Moura Guedes, tentando acalmar os ânimos. “Pode continuar a fazer esse jornalismo que envergonha, em Portugal, os verdadeiros jornalistas. Você não tem autoridade nenhuma para emitir os juízos de opinião que emite sobre o que se passa na justiça”. “Agradeço-lhe imenso o seu convite, até à próxima e, se quiser, volte a convidar-me”, ironizou Marinho Pinto. Mas a discussão não terminou por aqui, o bastonário da Ordem dos Advogados prosseguiu, dizendo: “O que você faz aqui é julgar pessoas, manipulando factos, trocando afirmações, trocando discursos das pessoas.” “Tinha vergonha de fazer o que você faz enquanto jornalista. O que você faz aqui é violar todos os dias, de forma sistemática, o seu código deontológico, que duvido que o conheça.” “Esta estação merecia uma jornalista com mais respeito pelas regras deontológicas do jornalismo”, continuou Marinho Pinto. “Senhor doutor é o seu julgamento, a sua opinião, coisa que não me incomoda, como deve calcular. Muito obrigada por ter aqui estado e ficamos, então, à espera do resultado do abaixo assinado.”, concluiu controladamente Manuela Moura Guedes.

Visão

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: