Caravelas portuguesas interditaram praias na Costa da Caparica

Agosto 25, 2012

As praias da Morena, da Sereia e da Hula-Hula, na Costa de Caparica, já não estão interditadas devido à presença de inúmeras caravelas. A interdição às três praias da Costa de Caparica, onde foram localizadas inúmeras caravelas portuguesas (medusas) no mar, já terminou, mas as autoridades vão manter-se alerta durante o dia de hoje, revelou a Polícia Marítima. “Está a ser um dia até agora tranquilo e normal. As praias neste momento não estão já interditadas e é colocada a bandeira normal de acordo com a avaliação do mar”, disse à Lusa fonte da Polícia Marítima. A mesma fonte adiantou que irão manter-se em alerta durante o dia de hoje e provavelmente durante mais alguns dias e, caso sejam novamente avistadas caravelas portuguesas, os procedimentos repetem-se e as praias poderão ser novamente encerradas. Nessa altura, explicou a fonte, hasteia-se a bandeira vermelha e retiram-se as pessoas da água, sendo que com esta indicação, os banhistas estão proibidos de entrar no mar e podem ser autuados se o fizerem. A fonte da Polícia Marítima adiantou que a avaliação foi feita por esta autoridade juntamente com os nadadores salvadores das praias através de “uma avaliação na água”. As praias da Morena, da Sereia e da Hula-Hula foram encerradas na sexta-feira à tarde devido ao crescente número de caravelas portuguesas nas águas e depois de uma criança ter sido queimada ao tocar num destes animais…

in Expresso

Caravelas portuguesas interditaram praias na Costa da Caparica


Caravelas portuguesas atingem sete pessoas em Vila Nova de Milfontes

Agosto 24, 2012

Caravela portuguesa, como é conhecido o organismo, é venenosa, bastante dolorosa e até pode ser fatal em caso de contacto com humanos. Na praia do Malhão, em Vila Nova de Milfontes, sete pessoas foram atingidas por alforrecas, mais conhecidas por caravelas portuguesas. Estes organismos não costumam andar por águas portuguesas, mas naquela praia sete banhistas entraram em contacto com estas alforrecas. As pessoas atingidas tiveram de ser encaminhados para o hospital, explica o comandante Arrifana Horta, da capitania de Sines. “Cerca das 17 horas houve um report de que sete banhistas, quatro crianças e três adultos, tocaram na caravela portuguesa. Foi pedida assistência ao INEM e os banhistas foram evacuados para o hospital”, disse. Mais a norte, na zona da Costa de Caparica, esta quarta-feira foi avistada uma caravela portuguesa. O comandante Coelho Cândido explica que os nadadores salvadores já estão avisados da situação e ainda esta tarde a bandeira vermelha chegou a ser hasteada. “Ontem à tarde foi detectada uma caravela portuguesa na areia. Deu à costa já morta e, por esse motivo, alertámos os nadadores-salvadores para que, em caso de serem avistadas, caravelas portuguesas no mar para içarem a bandeira vermelha e avisarem os banhistas porque o contacto com esta alforreca é bastante doloroso”, acrescenta. As caravelas portuguesas são uma alforreca que se desloca consoante o vento e reconhecem-se por causa da sua forma parecida com uma caravela.

in RR

Caravelas portuguesas atingem sete pessoas em Vila Nova de Milfontes

Reportagem SIC

Já hoje uma criança de cinco anos foi levada para o hospital após contacto com uma caravela portuguesa, na praia Morena, na Costa da Caparica. A criança estava na praia Morena, mas nas praias em redor foi hasteada a bandeira vermelha e os banhistas foram forçados a sair da água. Um dos nadadores salvadores presentes na praia do Infante explicou que o aparecimento das medusas nestas águas se deve ao aumento da temperatura do mar. E muitas vezes as correntes marítimas arrastam-nas para a praia, podendo por isso haver contactos com os banhistas.

A caravela portuguesa é «uma das alforrecas mais perigosas que existem, mas raramente aparecem na costa continental portuguesa», conta ao SOL Carlos Sousa Reis, especialista em biologia marinha.De acordo com o biólogo, esta espécie é constituída por uma estrutura emersa em forma de vela, de cor azulada e apresenta alguma transparência, à qual estão ligados tentáculos, que podem chegar aos 15 metros. Estão cobertos por milhares de células que possuem substâncias irritantes que em contacto com a pele libertam «veneno», que provoca dores intensas e imediatas.

Em caso de contacto físico, Carlos Reis deixa alguns conselhos. «Deve colocar-se compressas de água do mar e vinagre para alíviar a dor. Não se deve utilizar água doce ou álcool, provocam o aumento da libertação do veneno, também não convém esfregar a área atingida». O manuseamento deste tipo de espécie marinha deve ser feito de «forma indirecta, evitando qualquer contacto directo», mesmo quando se encontrem no areal, pois «a toxina permanece activa ainda que o animal fique exposto ao sol várias horas», realça o especialista. O Comandante do Instituto de Socorros a Náufragos, Nuno Leitão, aconselha todos os banhistas a «sempre que avistarem na praia este tipo de hidromedusas, ou que sejam picados, a dirigirem-se de imediato ao nadador salvador da respectiva praia».

in SOL


Glória do Ribatejo em festa

Agosto 23, 2012

Glória do Ribatejo está em festa. De 24 a 27 de AgostoGlória do Ribatejo está em festa com a realização dos tradicionais festejos em Honra de Nossa Senhora da Glória. São provavelmente das Festas mais antigas da região e a tradição que as marca de forma bastante vincada fazem destas Festas em Honra de Nossa Sra. da Glória um acontecimento único na região. No panorama musical destaque para as presenças de Némanus, Marco Paulo, Quim Barreiros e Kumpania Algazarra entre outros. Outro dos pontos altos desta Festa será a sessão de fogo-de-artifício na noite de Sábado (dia 25). Como festa religiosa que é, na tarde de Domingo (dia 26) terá lugar a tradicional procissão em Honra da Santa Padroeira da Vila que reúne anualmente milhares de pessoas. As Festas em Honra de Nossa Sra. da Glória contam com o apoio da Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo e Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.


Época balnear arranca hoje

Junho 1, 2012

Depois de os concelhos de Cascais e Oeiras e de alguns areais do Algarve terem antecipado a abertura da época balnear há um mês, o momento alarga-se agora a outras 62 praias do país. A época balnear arranca oficialmente hoje em quase todo o país, um dia que será assinalado em vários locais, inclusive nos Açores, onde se vai realizar o primeiro hastear da Bandeira Azul deste ano. Depois de os concelhos de Cascais e Oeiras e de alguns areais da região do Algarve terem antecipado a abertura das praias ao verão há um mês, o momento alarga-se agora a outras 62 praias do país. Segundo a coordenadora nacional da Associação Bandeira Azul, Catarina Gonçalves, o primeiro dia oficial da época balnear será “bastante preenchido”. A Direção-Geral da Autoridade Marítima e o Instituto de Socorros a Náufragos vão abrir a época balnear na Póvoa de Varzim e a Associação Bandeira Azul vai hastear o primeiro galardão do ano na praia da zona balnear da Caloura, no concelho da Lagoa, nos Açores. Também na praia fluvial da Ribeira, em Macedo de Cavaleiros, e na Marina de Troia, em Setúbal, vão decorrer cerimónias alusivas à data.A época balnear começa hoje nas praias de Alcobaça, Almada, Nazaré, Peniche e Sintra (Lisboa e Vale do Tejo), Grândola, Sesimbra, Setúbal e Sines (enquadradas pela Bandeira Azul no grupo Alentejo), Aljezur, Castro Marim, Lagoa, Loulé, Olhão, Portimão, Silves, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António (Algarve). Também hoje, inicia-se a abertura oficial ao verão em Angra do Heroísmo, Calheta, Horta, Lagoa, Lajes das Flores, Lajes do Pico, Madalena, Ponta Delgada, Povoação, Praia da Vitória, Ribeira Grande, Santa Cruz da Graciosa, São Roque do Pico, Velas, Vila do Porto e Vila Franca do Campo (Açores) e na Calheta, Funchal, Porto Moniz, Porto Santo, Santa Cruz e Santana (Madeira). Entre as praias fluviais, a época balnear arranca no Norte em Devesa (Sabugal), Alqueidão (Terras do Bouro), Rabaçal (Valpaços), Ponte Frades, Ponte Rança e Ponte Soeira (todos em Vinhais). Na lista estão ainda, na região Centro, Olhos de Fervença (Cantanhede), Vale do Rossim (Gouveia), Aldeia Viçosa (Guarda), Senhora da Ribeira (Santa Comba Dão), São João do Monte (Tondela) Cabril e Mosteiro (Pedrógão Grande), Albufeira da Meimoa (Penamacor), Corga (Castanheira de Pera), Sesmo e Taberna Seca (Castelo Branco), Unhais da Serra (Covilhã), Relva da Reboleira (Manteigas), Pessegueiro e Santa Luzia (Pampilhosa da Serra) e, no Alentejo, Albufeira da Tapada Grande (Mértola). As restantes praias marítimas e fluviais do país abrem a época balnear entre 15 de junho e 2 de julho.

in Expresso


Arquiteto português vence prémio Inovação & Design da Condé Nast

Maio 31, 2012

O arquiteto português Tiago Barros venceu o 1º prémio nos Conde Nast Traveller Innovation & Design Awards 2012 (I&DA), na categoria Aviação. Tiago Barros vive em Nova Iorque e foi premiado pelo projeto “Passing Cloud”, cujo conceito é inspirado na ideia de que “atualmente, tudo é pré-estabelecido e estamos sempre às voltas. É tempo de repensar o ato de viajar e começar a aproveitá-lo adequadamente”. Os Condé Nast Traveller awards celebram o pensamento inovador e a excelência no design. A cerimónia de entrega de prémios decorreu em Londres, a 23 de maio.

in Dinheiro Vivo


Berlusconi exposto dentro de um caixão

Maio 30, 2012

“O Sonho dos Italianos”, assim se chama a controversa obra da dupla de artistas Antonio Garullo e Mario Ottocento, e que representa o ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, morto dentro de um caixão. De olhos fechados, sorriso na cara, roupa desajeitada e pantufas do Mickey, a figura de Berlusconi está exposta numa galeria em Roma, no Palazzo Ferrajoli, a poucos metros da residência oficial do primeiro-ministro, Mario Monti. A figura é feita em silicone e está dentro de um caixão de vidro. A sua semelhança com a realidade e o título dado à obra está a gerar alguma controvérsia em Itália. Segundo o Corriere della Será, nem a escolha do local da exposição foi por acaso. Segundo Antonio Garullo e Mario Ottocento, que também ficaram conhecidos como o primeiro casal gay italiano a casar em 2002 em Amesterdão, o objectivo da obra é transmitir “o culto da personalidade dos líderes dos últimos tempos”. Ao jornal italiano, a dupla explicou que se baseou não só na tradição cristã, na preservação dos corpos dos santos, como também na preservação dos corpos de líderes poderosos, lembrando Mao e Lenine, embalsamados depois da morte, “para enfatizar o culto à personalidade do que foram e sejam nos próximos anos”. “Pensámos especificamente em Berlusconi, no culto que ele criou sobre si.” Dentro do caixão, Berlusconi tem a mão direita em cima de um livro de história e a esquerda dentro das calças, que estão desapertadas. A obra só vai estar exposta até 30 de Maio. Depois disso, poderá ser exibida noutros locais.

in Público


Leilão do prédio por 1 euro adiado

Maio 30, 2012

A Câmara de Braga adiou, por falta de espaço, o leilão com base de licitação de um euro de um prédio devoluto no centro histórico da cidade, perante a revolta de alguns dos interessados, que classificaram a iniciativa como um “embuste”. “Isto é um embuste, uma palhaçada”, gritou um dos eventuais licitantes, lembrando que o leilão se destina a jovens entre os 18 e os 35 anos mas a sala estava “cheia de gente com muito mais idade”. …O presidente da Câmara explicou que os jovens interessados que por uma razão ou outra não podem comparecer ao leilão têm a possibilidade de emitir uma procuração, fazendo-se representar por outra pessoa….O leilão foi marcado para o salão nobre da Câmara, tendo comparecido mais de uma centena de pessoas, muitas das quais não conseguiram entrar, por falta de espaço. …vai ser marcada nova data para o leilão, que poderá acontecer já na próxima semana, num espaço onde caiba toda a gente, “para haver igualdade de condições para todos”. O objectivo da Câmara com este leilão é “reforçar a aposta” na reabilitação urbana e na fixação de jovens no “coração da cidade”. …Constituído por rés-do-chão e mais dois andares, o prédio tinha sido adquirido pela Câmara por 45 mil euros….A Câmara ainda disponibiliza o projecto de arquitectura do imóvel, já elaborado e aprovado. “Quem comprar o edifício tem apenas de concluir o processo de reconstrução em 24 meses”…

in P3


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.